terça-feira, 9 de agosto de 2016

Com o time que está sendo montado, Voleisul não faria feio na Superliga!

Técnico Reinaldo Bacilieri comanda o treino nesta pré-temporada na Sociedade Ginástica. Foto: Voleisul
Alô, amigos!
Sinceramente, analisando friamente o time que a diretoria da Voleisul montou para a disputa do Campeonato Gaúcho deste ano, que tem início previsto para setembro, é igual ou até melhor do que aquela primeira equipe em 2014. Embora, as dificuldades financeiras, os dirigentes conseguiram readequar valores, mas não perderam qualidade. 

O time hamburguense deste ano, sob o comando do técnico Reinaldo Bacilieri, poderá disputar de igual para igual o título gaúcho contra Vôlei Canoas e Bento Vôlei. Inclusive, acredito que neste momento, o time a ser batido é o de Canoas. A equipe da Serra está muito quieta e deve montar uma equipe bem modesta para o Gauchão, embora esteja na Superliga principal. 

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A SPRINT ACADEMIA
Claro que agora é mais fácil escrever ou falar, mas com esta equipe: Aureliano, Nicolas, Edinho, André Lukianetz, Bruno Godoy, Bernardo Roese (Ítalo) e Bitello, não faria feio na disputa de uma elite, na qual a Voleisul havia garantido a permanência. 

Talvez, a desistência tenha sido precipitada, mas do meu ponto de vista correta, e explico: Por enquanto, pouco se vislumbra patrocinadores e a competição nacional começa em outubro. Seria correr contra o tempo e convenhamos, seria um risco e com possibilidade de prejudicar financeiramente o projeto de voleibol em Novo Hamburgo. Portanto, o presidente da Associação Mão de Pilão, mantenedora da Voleisul, João Fernando Hartz, agiu certo!

Presidente João Fernando Hartz busca apoiadores para disputar a Superliga B em janeiro de 2017. Foto: Jornal NH
Por outro lado, quero dizer que o time atual da Voleisul pode jogar a Superliga B, que começa em meados de janeiro de 2017. Com certeza, esta equipe brigaria por uma vaga novamente na Superliga. Mas, para isso, vai precisar de apoiadores, patrocinadores. João Fernando Hartz está fazendo um enorme esforço para que o voleibol masculino não acabe em Novo Hamburgo e possa estar em uma competição nacional.

Acredito, sinceramente, que a Voleisul não deixará de jogar a Superliga B. É o meu sentimento! Vamos torcer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...