segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Existe alguma possibilidade da Voleisul jogar a Superliga?

Resta uma ponta de esperança para a Voleisul jogar a Superliga, mas precisará de apoio financeiro. Foto: Daniel Nunes
Alô, amigos!
Ainda no mês de junho, os dirigentes da Voleisul abriram mão da vaga de disputar a próxima edição da Superliga. Isso porque, financeiramente o time de Novo Hamburgo não passa por um momento que garanta estrutura suficiente para estar na competição nacional. Na época, concordei em gênero, número e grau com a decisão do presidente da Associação Mão de Pilão (mantenedora da Voleisul), João Fernando Hartz. Afinal, entrar em um campeonato tão importante como a Superliga precisa ter estrutura.

Entretanto, de lá para cá, algumas coisas aconteceram no mundo do voleibol gaúcho e brasileiro. Ganhamos medalha de ouro com a seleção masculina nos Jogos do Rio, mas dinheiro que é bom, não entrou nada para os clubes. Muito antes pelo contrário.

O Bento Vôlei, por exemplo, vive uma crise sem precedentes e está inclusive ajustando uma equipe para disputar o Campeonato Gaúcho. E dito pelo próprio gestor do time Rafael Fantin, o Dentinho, que existe a possibilidade da equipe de Bento Gonçalves ficar fora da Superliga.

Em cima disso, tenho algumas perguntas: qual a chance da Voleisul jogar a próxima Superliga, após ter desistido? Em caso de desistência do Bento, a vaga poderia ficar com a Voleisul? O time de Novo Hamburgo estaria interessado em pegar esta vaga? 

Tiago Peter é o diretor da Voleisul. Foto: Marcos Ribolli
Leiam o que o diretor da Voleisul, Tiago Peter, escreveu por meio do WhatsApp sobre as minhas perguntas:

"Este assunto ainda não foi tratado, até porque nossa falta de verba continua. Se tivéssemos parceiros acreditando tudo seria mais fácil, mas perdemos muitos apoiadores que estavam conosco e não conseguiram continuar e conseguir novos parceiros no momento anda muito difícil, infelizmente. Enquanto não mudar a política de investimento em esporte no município tudo ficará mais complicado, pois sempre haverá de começar do zero. Algo que não ocorre com outras equipes que possuem um apoio mínimo. Se antes conseguimos ser criativos e trazer parceiros agora anda mais difícil, mas a esperança é a última que morre"

Então, resta uma pontinha de esperança!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...